It's hard to say


kiss, love, and vintage image
Sempre foi difícil pra mim falar como eu me sinto. Não que eu não consiga falar, muito pelo contrario, falar pra mim é o mais fácil. Difícil mesmo é fazer com que isso realmente tenha significado.
Mudando de assunto, fazia tempo que eu não aparecia por aqui, a saudade de escrever tava grande (fico pensando se alguém lê isso além de mim haha).
É incrível oque o amor faz com uma pessoa, como um sentimento consegue te deixar triste e feliz ao mesmo tempo? Não há razão nisso, é destrutivo e prazeroso, é a melhor coisa do mundo. Eu achava o amor uma coisa rasa e superficial antes de conhecer.
Ele dura muito, tem altos e baixos, as vezes é insuportável, na verdade o ciúme é insuportável.
As vezes parece que vou explodir, de tanto feels que eu sinto, quando recebo aquela mensagem amorzinho.
Acabei descobrindo que beijar é a melhor coisa do mundo. E que tocar no rosto dele me dá uma sensação confortável que nunca senti. Que o tempo passa infinitamente rápido quando eu estou com ele. Que eu queria poder ficar grudada o tempo todo nele, e isso é muito estranho. Enfim, descobri que vale a pena sentir o amor.
Desculpem pelo texto fofinho que eu fiz, precisava desabafar um pouco sobre isso. Quero escrever mais, mas como começou as aulas, eu só tenho tempo pra dormir, assistir got e ir pra escola, preciso me organizar de novo, porque tá difícil essa rotina, praticamente to sempre morrendo de sono em todo lugar que eu vou haha!
Acho que é isso por hoje, i promisse i'll back soon.

Comentários

  1. Olá, aqui é a Sii fingindo ser o Kuroi, mensageiro do Onigiri quase Prédio.
    Vim avisar que tem presentinho pra você no Onigiri! <3

    Beijos,
    http://onigiri-quase-predio.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Listen to me

Fated to Pretend