Postagens

All About

Imagem
Faz muito, mas muito tempo que não venho aqui atualizar esse blog. E nossa, como eu senti falta daqui. Por que? acho que é pelo fato de poder escrever tudo oque sinto e passo sem medo de julgamentos, algo que acontece muito no mundo lá fora.
Tudo mudou. Sério. Do nada, eu consegui um emprego na área da educação, não é o melhor e nem é como professora, mas é um bom emprego e eu consegui com muito esforço passando em uma prova. Isso me encheu de orgulho e me deu uma baita vontade de continuar. Depois de um tempo nessa área, eu me habituei muito. Comecei a gostar mesmo da profissão de professora, simplesmente por observar e agora quero continuar estudando Pedagogia, não penso mais em desistir.
Essa profissão é a mais foda que existe e só agora eu vejo isso, porque é algo que te deixa realizado, uma sensação incrível. Pena que só alguns professores mereçam admiração hoje em dia, muitos entram apenas pelo dinheiro.
Também resolvi continuar com o curso de inglês, em parte por que acho que …

Listen to me

Imagem
É engraçado entrar aqui depois de tanto tempo, e ver que desde a ultima postagem a minha vida mudou de uma forma tão drástica. E não somente a vida, eu me incluo nessa mudança. Os fatores que nos fazem mudar são em maioria sempre ruins, a dor de perder coisas que me eram queridas me tornou mais fria em relação a tudo. Não que hoje eu seja um coração de pedra, mas não confio mais como já confiei, não espero mais nada além de decepção. É triste que as coisas tenham tomado tal rumo, mas me sinto mais segura assim.
É também bem engraçado como depois de um tempo na faculdade você pensa melhor no que quer para sua vida. No inicio do ano, eu não tinha ideia do que queria fazer em relação ao meu futuro, mas agora estou começando a pensar com muito mais clareza, só que teria facilitado muito se essa iluminação tivesse chegado mais cedo, é uma época de confusão.
No mais, continuo com meus dilemas. Agora o mais perturbador de todos é o referente a minha idade. Antes de completar 18 eu me achava…

Fated to Pretend

Imagem
É engraçado perceber o quanto eu estou mudando. Sabe é difícil demais mudar, e está sendo doloroso pra caralho. Eu ignorei por tanto tempo o fato que a carência demais apenas ia me destruir, no fundo eu sempre soube que a minha felicidade não podia depender de ninguém. Eu queria poder voltar no tempo e não ter feito tantas burrices. Mas não estou tão triste assim, eu tenho memórias e com elas eu aprendi muito.
Há muito tempo eu estou meio que confusa com a ideia do amor. Eu li uma frase onde dizia que não amamos de verdade uma pessoa, mas que amamos a sensação boa que ela nos traz. Isso me deixou muito incomodada por que até aquele momento eu achava que amava de verdade as pessoas. Não quero aceitar essa ideia e estou lutando contra ela.
É doloroso demais não encontrar alguém que me entenda, eu sempre me senti sozinha, mas agora eu me sinto mais sozinha, e além disso, me sinto deslocada. Eu odeio esse mundo, essas regras, como as coisas funcionam, a maneira que precisamos fingir e ag…

Starting again <>

Imagem
Eu realmente estou curtindo muito mais a ideia de usar o blog mais seguido. Admito que eu tava com muita saudades desse mundo de blogs.
Estou pensando em mudar um pouco minha abordagem aqui, estilo fazer posts mais longos, falar mais especificadamente da minha vida, falar sobre oque eu gosto, e claro, com mais humor e mais empolgação. Eu gostaria que esse ano fosse melhor, e com mais astral, vou começar isso aqui pelo blog.


Começando a falar sobre a minha vida, vou falar algo que está me deixando feliz e triste ao mesmo tempo, faculdade. Eu consegui entrar e estou bem animada com tudo, mas estou preocupada se vai mesmo dar certo, se vou gostar e etc, oque me resta é esperar. Eu estou mais animada com o curso de inglês, por um lado é porque já estou conseguindo falar bem inglês e está ficando mais fácil, por outro é que estou quase terminando e já posso pensar em viajar e isso é foda demais.
Acho que minhas férias oficialmente acabaram, foram férias medianas pra falar a verdade, eu vi…

Feels

Imagem
Faz muito tempo que não venho aqui postar, não por que não tenho tempo ou que as coisas estão difíceis (elas sempre foram) mas por que eu esqueço facilmente do que é bom pra mim. Escrever e poder me expressar é tão bom, é bom pra qualquer um e eu espero retornar logo.
Estou em um momento decisivo da minha vida, a faculdade. Confesso que não achei que seria tão difícil entrar na faculdade, primeiro eu tentei um bolsa e não consegui, por fim estou entrando atrasada e vou ter que me ferrar muito.
Estou com problemas nos meus relacionamentos, como é foda manter eles. Eu espero demais das pessoas, amo elas demais, me sacrifico demais, e no fim me decepciono demais. Enfim só quero que essa fase da minha vida passe logo.
Na verdade eu queria pode voltar no tempo, quando estava no colégio, a vida era boa lá, e agora está uma merda virar um adulto. Tenho que arrumar emprego, estudar e me preocupar com tudo, tirando que não consigo nem manter amigos e namorado.
Estou feliz hoje, não está chovend…

No where

Imagem
Eu penso que no fundo todas as pessoas se acham especiais. Se você perguntar para alguém "Você se acha normal?" a resposta mais óbvia é não, eu não me acho normal. Talvez no fundo você tenha a ilusão que é mais inteligente, que talvez saiba oque é certo e oque é errado. Eu sei disso porque pensei assim por alguns anos, pois sempre achei que a maioria das pessoas são estúpidas e rasas, não que elas não sejam, na verdade elas são assim. Mas oque me surpreendeu de um tempo pra cá foi um pensamento curioso de que talvez eu fosse uma dessas pessoas, porque ao me achar tão superior intelectualmente, eu possa ter perdido o senso de auto-crítica.
O quê eu faço de diferente de todo o resto? nada, Essa resposta me atormenta tanto, porque não fazer nada me torna igual a elas. Eu gostaria de poder mudar minha realidade, me tornar alguém diferente, fazer algo pelo mundo, Apesar de gostar (como todos) de uma vida confortável, o meu presente e futuro me incomodam. Eu não quero uma vida nor…

It's hard to say

Imagem
Sempre foi difícil pra mim falar como eu me sinto. Não que eu não consiga falar, muito pelo contrario, falar pra mim é o mais fácil. Difícil mesmo é fazer com que isso realmente tenha significado.
Mudando de assunto, fazia tempo que eu não aparecia por aqui, a saudade de escrever tava grande (fico pensando se alguém lê isso além de mim haha).
É incrível oque o amor faz com uma pessoa, como um sentimento consegue te deixar triste e feliz ao mesmo tempo? Não há razão nisso, é destrutivo e prazeroso, é a melhor coisa do mundo. Eu achava o amor uma coisa rasa e superficial antes de conhecer.
Ele dura muito, tem altos e baixos, as vezes é insuportável, na verdade o ciúme é insuportável.
As vezes parece que vou explodir, de tanto feels que eu sinto, quando recebo aquela mensagem amorzinho.
Acabei descobrindo que beijar é a melhor coisa do mundo. E que tocar no rosto dele me dá uma sensação confortável que nunca senti. Que o tempo passa infinitamente rápido quando eu estou com ele. Que eu q…